Post Image

A grande mudança no comportamento dos consumidores brasileiros foi nos anos 90 com o grande Boom da internet no Brasil, quando ela verdadeiramente se tornou uma rede mundial de computadores e pessoas conectadas, assim trazendo para o mundo dos negócios uma grande novidade: o acesso instantâneo às informações sobre produtos e serviços.

Com isso os consumidores assumiram um papel mais ativo o que exigiu das empresas a customização e a personalização tanto dos seus produtos quanto dos meios de comunicação e vendas. Um produto ou serviço personalizado, um atendimento de qualidade e um relacionamento com a marca, é uma exigência do consumidor de hoje, eles valorizam cada vez mais as grandes experiências que as marcas proporcionam, assim sendo, qualquer interação que um cliente tem com os canais de uma marca deve ser aproveitada pela empresa.

Cada vez mais as pessoas procuram por experiências humanas, enriquecedoras, inteligentes, responsivas e pessoais, e estão constantemente rejeitando experiências que elas consideram invasivas, impessoais, ou simplesmente desinteressantes. Sua empresa tem apenas uma chance de impressionar – senão você vai perder seus clientes para alguém que está fazendo coisas maiores, melhores, e que fazem mais sentido para os consumidores. Entramos em um momento onde a interação autêntica (cliente – empresa) é o aspecto mais importante de uma ideia de negócio, tornando o cliente um parceiro no processo de desenvolvimento de um novo produto ou serviço. Por esse motivo, é fundamental que hoje uma marca faça muito mais do que simplesmente se vender. É preciso engajar. Ou seja, transformar clientes em embaixadores, criando com eles vínculos fortes e duradouros.

O branding assume esse papel nas empresas. Analisa o que faz mais sentido para sua marca e usa as emoções para se conectar às pessoas e construir memórias positivas. Explorar as sensações dos consumidores pode começar no primeiro contato, em uma ligação telefônica ou em uma conversa nas redes sociais.

Outra forma de explorar as sensações dos clientes é por meio da embalagem dos produtos. Quando um cliente recebe sua encomenda, o primeiro contato é com a caixa, certo? Quando se investe em um bom visual, cria-se uma ansiedade e um desejo em conhecer o conteúdo — além de agregar mais valor aos produtos. Uma arte customizada e feita com capricho, por exemplo, atrai o público e gera mais confiança na compra.